Theme Layout

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

Dark or Light Style

Diário de viagem: Passagens aéreas, Booking e Airbnb


Passagens aéreas, hospedagens no Booking e no AirBnb: tudo que rolou pré viagem



Quando pensamos em uma viagem internacional de 20 dias como a que tivemos, uma série de planejamentos precisam acontecer muito antes do dia do embarque. Nosso objetivo era passar por três países, perdendo o menor tempo possível com deslocamento e pagando o menor preço imaginável em hospedagem, sem abrir mão do conforto. Seria possível?

Passagens aéreas



As passagens aéreas foram compradas com 9 meses de antecedência, chegamos a pesquisar em diversos sites, mas acabamos fechando com uma agência de turismo aqui de São Paulo, a MimiTour. Sendo assim, conseguimos evitar uma alta do dólar/euro gigantesca, que teria tudo pra atrapalhar nossa viagem nos últimos dias.

Quando o assunto é passagem aérea muita coisa está em jogo, se você tem como principal objetivo economizar, seu tempo precisa ser mais flexível, assim é possível pagar menores preços em escalas maiores ou embarques e desembarques em dias que não eram a sua escolha no início. Pra nós, escalas muito longas estavam fora de cogitação, mas topamos voltar um dia depois do planejado e economizar mais de 2mil reais nas passagens.

AirBnB Vs Booking.com

Nosso hostel em Veneza

Nada de hotéis luxuosos, nossa opção foi explorar os menores preços do Booking e do Airbnb na região. Eu só tinha um pedido: não queria ficar em hostels com quartos compartilhados. Nas três cidades principais ficamos hospedados em Airbnb's, já nas cidades menores da Itália, optamos por hostels e aqui vai minha opinião:

Em Londres: Optamos por um AirBnb fora da região central de Londres, mas próximo do metrô que dava acesso aos principais pontos turísticos em poucos minutos. Pagamos 450 reais por três noites já com a taxa do Airbnb e de limpeza. Por ser uma cidade que a moeda é a libra, ficamos bem contentes. O quarto era limpo e o espaço era exclusivo para turistas, tendo só mais dois casais na casa com a gente, que praticamente não encontrávamos por ficarmos o tempo todo na rua.

Em Paris: Em Paris também escolhemos o Airbnb, mas dessa vez, quem morava na casa era nossa Host, a casa tinha um andar só para turistas se hospedarem o que dava bastante privacidade. Pagamos 473 reais por três diárias, mas ficamos um pouco arrependidos, porque apesar da acomodação ser OK, o local ficava 40 minutos de Paris e exigia um ticket (bem mais caro) de trem. No fim das contas, poderíamos ter pago um pouco mais e ficado mais próximo de Paris, economizando tempo e dinheiro.

Em Milão, Verona, Veneza e Florença: Nas quatro cidades iniciais do nosso trajeto da Itália, ficamos pouquíssimos dias em cada cidade, por isso optamos por hostels do Booking.com mais próximos dos nossos pontos de interesse. As médias de hospedagem não ultrapassaram 150 reais/diária, com exceção de Veneza que pagamos um pouco mais caro. Destaque especial para o hostel de Verona que tinha um quarto com decor vintage APAIXONANTE!

Em Roma: Roma não foi como esperávamos, ficamos a 40 minutos do centro, em uma casa em que um cara morava sem nenhum preparo para o AirBnB. Aqui ficou clara nossa preferência por hostels mais próximos. Roma tem um transporte público leeento e depender de um ônibus e um metrô, como fizemos, definitivamente vai te fazer perder um tempo precioso.

Na batalha entre AirBnb e Hostels do Booking para economizar dinheiro: 

Nosso hostel em Verona


Ambas as escolhas acabam sendo simples e nada sofisticadas quando o assunto é escolher os menores preços possíveis. Todos os lugares que fomos eram limpos e organizados e com exceção de Roma, nos sentimos muito a vontade. Aqui talvez a dica seja escolher lugares que são acessíveis aos seus principais pontos de interesse, pelo menor preço e SEMPRE ler as revisões das pessoas. No Airbnb, vale ficar de olho se o quarto é um quarto de hóspedes em uma casa ou se a pessoa realmente se "preparou" para receber vocês.

Escolha os lugares com bastante pesquisa e antecedência e tenha sempre um plano B caso o seu host cancele a reserva poucos dias antes da sua viagem.

P.s: Se você nunca se hospedou no Booking, tem cupom de 50 reais de desconto por lá, basta usar esse link aqui

You Might Also Like

Nenhum comentário

Postar um comentário

[name=Letícia Loureiro] [img=https://2.bp.blogspot.com/-0T8qh-y062w/Wk0PzbUSkPI/AAAAAAAAB4o/CG5A_Xt2h1YRP-YvTtsXkSMbqvgMOF6AQCEwYBhgL/s200/IMG_3849.JPG] [description=Vespa Lover, se apaixonou pela scooter e pelo universo vintage no instante em que assistiu "Roman Holiday". Desde então, escreve sobre tudo que faz seus olhos brilharem. Desde 2012 convida a todos para uma viagem no tempo "Na Garupa da Vespa" :) ] (facebook=https://www.facebook.com/nagarupadavespa) (instagram=https://www.instagram.com/nagarupadavespa) (pinterest=https://www.pinterest.com/nagarupadavespa)