Theme Layout

Boxed or Wide or Framed

Theme Translation

Display Featured Slider

Featured Slider Styles

Display Trending Posts

Display Instagram Footer

Dark or Light Style

A Vespa e a emancipação feminina



As mulheres se libertam das amarras, tomam os postos de trabalho que conquistaram durante e pós II Guerra Mundial. Pouco a pouco, as ruas são tomadas por elas, que começam a questionar seu lugar no mundo. 

Estamos falando do inicio da emancipação feminina, que teve seu boom na década de 1960. E a Vespa se mostrou essencial para trazer o status de igualdade entre homens e mulheres desse período. 

Até então, ver uma mulher pilotar uma moto era simplesmente impensável, não só porque as motos eram (e ainda são) vistas como algo masculino, mas porque não ofereciam nenhum conforto para serem pilotadas pelo sexo feminino da época. 

A Vespa trouxe essa revolução, seu design possibilitou que os metros e metros de tecidos das saias godês ficassem protegidos de qualquer mancha de óleo ou prendessem em suas engrenagens, iniciando um processo de aceitação e desejo feminino. 

Cartaz do filme "Jessica" e imagem de divulgação do filme "Roman Holiday"

O cinema e a publicidade foram grandes aliados nesse período de mudança, em 1953 Audrey Hepburn surge pilotando um modelo clássico da scooter em Roman Holiday, nesse ano mais de 100.000 Vespas foram vendidas. Em 1962, no filme “Jessica”, Angie Dickinson estampa o pôster do longa em cima de uma Vespa. Isso sem mencionar a publicidade investida pela Piaggio que sempre trazia uma mulher pilotando sua scooter. 

Uma publicidade da década de 1950 do Cairo com uma mulher pilotando bem plena

Para os apaixonados por moda, a união perfeita do new look de Christian Dior, dos vestidos de Hubert Givenchy, das calças e mini saias de Courrèges a borda da scooter mais estilosa da história! 

Esses entre tantos acontecimentos marcaram o movimento de independência e mobilidade das mulheres na Itália e no mundo, mesmo que tendo seu inicio ligado à moda, o poder de escolha e de desafiar os costumes seguiu. Hoje, as motocicletas ainda são erroneamente vistas como algo masculino, mas saber que há mais de 70 anos uma marca faz questão de incluir e considerar o poder feminino é no mínimo esperançoso.

Para as apaixonadas pela Vespa e por todo universo que transita a sua volta: Feliz dia da mulher, estamos juntas!





You Might Also Like

Nenhum comentário

Postar um comentário

[name=Letícia Loureiro] [img=https://2.bp.blogspot.com/-0T8qh-y062w/Wk0PzbUSkPI/AAAAAAAAB4o/CG5A_Xt2h1YRP-YvTtsXkSMbqvgMOF6AQCEwYBhgL/s200/IMG_3849.JPG] [description=Vespa Lover, se apaixonou pela scooter e pelo universo vintage no instante em que assistiu "Roman Holiday". Desde então, escreve sobre tudo que faz seus olhos brilharem. Desde 2012 convida a todos para uma viagem no tempo "Na Garupa da Vespa" :) ] (facebook=https://www.facebook.com/nagarupadavespa) (instagram=https://www.instagram.com/nagarupadavespa) (pinterest=https://www.pinterest.com/nagarupadavespa)