A análise do intrigante livro "Os condenados"



Você gosta de suspense? Gosta de ter aquela sensação insana de devorar o livro para conhecer o final de uma história? Se sim, esse é o livro ideal.

Confesso que, ao andar na livraria para procurar um livro, esse me chamou atenção pela linda capa. Acredite, o livro é realmente lindo, e digo lindo pela parte estética, nem estou me referindo a obra em si.

Outro detalhe é o nome Stephen King na capa. Não que o livro seja dele, mas o autor colocou a recomendação do autor para atrair os fãs do mestre do terror psicológico.


Quis começar esse texto assim pois realmente não conhecia o autor, Andrew Pyper, e nem muito menos a história, mas, ainda sim, amei essa ficção.

"Os condenados" conta a história de Daniel Orchard, um adolescente perturbado e quieto que, aqui começa o suspense, tem a capacidade de morrer e voltar do mundo dos mortos.

Sei o que você está pensando: mais uma história de zumbi ou roteiro de terror daqueles bem sem graça que já vimos muitos por aí. Pois pare e preste atenção.

Temos aqui uma obra complexa e que se propõe a discutir o além da vida. Colocando em pauta todo o sofrimento que uma morte pode causar e, dando um toque de ficção para discutirmos de uma maneira bem interessante o que encontraremos após a morte.

Para quem se interessa por esse tipo de trama é realmente um prato cheio. Aos mais reticentes eu garanto, você não vai se arrepender. É surpreendente todo o enredo montando ao redor de Daniel, tratando desse assunto exotérico sem exageros ou visões religiosas.

Um verdadeiro trabalho bem pensado e que fará você questionar aquilo que você acredita e a forma como leva a sua vida.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.