5 lições que aprendemos com Procurando Dory



Quem acompanha a gente no instagram viu que fomos ver Procurando Dory na pré-estreia que rolou no sábado, 24. O filme é incrível e eu tava louca para contar tudo para vocês, mas como a estreia oficial seria apenas na quinta feira, acabei agendando o post para hoje, assim dá tempo de assistir e rever as maiores lições que Procurando Dory nos trouxe.

Obs.: Esse post não contém spoilers, as poucas partes que citamos do filme já estavam no trailer ou sinopse :)

Deficiência mental NÃO É engraçada




No filme “Procurando Nemo” conhecemos uma Dory engraçadinha que não conseguia se lembrar de nada graças a sua perda de memória recente. Outros personagens que foram retratados com essa mesma característica foram Lucy e Tom em “Como se fosse a primeira vez” e em todos o tom que se emprega aos personagens é o cômico.

Em Procurando Dory, a Pixar deixa claro o quanto é difícil para Dory viver com isso, substituindo os risos da plateia por uma verdade bem dura: a dificuldade de memorização é cruel e afeta muitas pessoas.

Seja qual for a doença, mental, física (como a de Nemo), temporária ou não, ela NÃO É MOTIVO DE RISO nem em animações, nem em filmes, nem em canto nenhum, ok? ok.

Não se limite




Todo personagem do filme tinha uma característica que acreditava ser limitadora e descobriu, com o desenrolar da trama, que seria capaz de vencer suas limitações para salvar um amigo ou sobreviver. Nós também nos limitamos diariamente, ou porque nos dizem que não somos capazes, ou porque simplesmente imaginamos isso.

Não desista




Não importa que tudo indique que as coisas não vão dar certo, se você acredita em algo, insista e não desista! Só você sabe dos seus sonhos e só você pode torna-los realidade. Também não vale ficar de braços cruzados, corra atrás do que você quer com garra e iniciativa, sem deixar que a opinião dos outros pese demais sob suas decisões. O sucesso está em continuar tentando, ou como diria nossa peixinha favorita: Continue a nadar, continue a nadar!

Siga sua intuição




Sabe aquela vozinha que fica te dizendo algo bem lá no fundo e que você resiste em ouvir? Existem grandes chances de ela estar certa. Muitas vezes ignoramos o que nosso coração diz e nos arrependemos depois. Se sua intuição te diz para fazer algo que não vá nem te prejudicar nem prejudicar ninguém, por que não segui-la?

Acredite no poder da união





Seja dos amigos ou da família, com Procurando Dory aprendemos que juntos todos somos mais fortes e que nossas palavras e ações podem ter um efeito transformador. Precisamos sempre lembrar as pessoas que amamos do quanto elas são capazes e que estaremos sempre aqui por elas, assim como é importante saber que sempre teremos alguém por nós. A união faz a força.


E você? Já viu Procurando Dory? Conta pra gente o que achou!

2 comentários:

  1. Nossa gostei muito desse seu ponto de vista a respeito do filme, eu gosto de ler essas análises que vão além do divertimento que um desenho nós traz, e essas animações estão cheias de bons conselhos :D

    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Ari! A Pixar e a Disney são mestres em passar bons ensinamentos de um jeito divertido, né? Gosto muito <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.