Resenha: O Guia do Mochileiro das Galáxias


Há um pouco mais de um ano entrei em contato pela primeira vez com essa série de livros galácticos e bem nerds. Indicação da dona desse blog.

A princípio fiquei bem reticente se ia gostar ou não, pois achei que se tratava de livros puramente sobre mundos perdidos e galáxias distantes. Mas, resolvi aceitar a dica e ir atrás do primeiro livro da trilogia de cinco. Sim, você não leu errado, a princípio eram três livros escritos pelo escritor inglês Douglas Adams no final da década de 70. Mais tarde, Douglas lançou o quarto livro da série e, 30 anos depois, o quinto livro.

Algo bem estranho, mas OK.


Ao começar a ler o primeiro livro um elemento fica evidente, ele é bem crítico. Através de uma linguagem interespacial e utilizando alienígenas misturados a seres humanos, o livro vai tecendo duras críticas ao modo como vivemos, a nossa sociedade como um todo e, o que mais me atraiu, um certo desprezo por uma série de características ao qual nos apegamos, como religião.
A partir daí a história vai ganhando um sentido inacreditavelmente lógico, fazendo com que a aparente trama inventada por Adams misture realidade e ficção de uma maneira única, fazendo com que a todo o momento você precise ficar atento para discernir se o que ele está dizendo é real, logo uma crítica, ou um elemento para preencher a história.

Depois do primeiro engrenei os outros quatro, fazendo a ressalva de que a história em si vai até o quarto livro da trama, pois o quinto livro fora escrito muito tempo depois, funcionando como uma espécie de pós-final.

Entre outras palavras é uma série de livros que recomendo para qualquer um, mesmo até se você não gosta de séries espaciais, pois com um pouco de atenção e interesse, esse livro se torna um manual de como sobreviver nesse planeta que chamamos de lar.


PS: Existem mais dois livros da série, sendo que esses não foram escritos por Douglas Adams. A justificativa para eles é a total ausência de finais claros que o autor inglês aplica aos livros, deixando sempre brechas para serem preenchidas pela imaginação, ou, por esses autores que resolveram continuar a obra.

2 comentários:

  1. Ah eu to interessada em ler essa serie a muito tempo, mas não tinha comprado por medo mesmo de não gostar, mas adoro esses livros críticos e me interessei quem sabe na black friday
    http://www.hurricanestars.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alá, tudo bem? A série é incrível! Vale muito a pena, mesmo. Eu comprei a coleção toda por 20 reais no dia da toalha do ano passado no Submarino, fica de olho por lá que sempre tem essas promos doidas com essa série!

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.