TAG: 5 filmes da década de 60





Nossa! Essa semana foi uma loucura, mas finalmente consigo respirar aliviada e voltar a escrever aqui! Antes que março acabe queria responder as tags do grupo Vintage e Retrô Bloggers, esse mês foram duas, uma sobre make que logo logo estará no ar (antes do fim do mês pq né...) e essa, onde eu escolho cinco filmes de uma década, tag sugerida pela Fernanda Schnell Lange.
Eu acabei escolhendo a década de 60, primeiro porque um dos meus filmes favoritos no mundo é da década de 60, segundo porque eu adoro a estética da época. A lista é um pouco diferente, os filme não são nenhum pouco parecidos, mas é gostoso explorar coisas diferentes, né? Então vamos lá!

Bonequinha de luxo (1961)



Esse é o primeiro da lista por motivos óbvios, acho que é um dos filmes mais emblemáticos da década e da carreira da Audrey Hepburn, o título original “Breakfast at Tifanny’s” deu origem a uma parceria de sucesso entre marcas e filmes, reforçando ainda mais a caixinha azul como um objeto de desejo e glamour.
O filme conta a história de Holly, uma “acompanhante” sonhadora e ambiciosa que toma café da manhã todos os dias em frente à joalheria Tiffany’s, seu objetivo é se casar um milionário, mas acaba se apaixonando por um escritor bancado pela amante, Holly vai lutar contra seus sentimentos proporcionando excelentes cenas que ficaram marcadas para sempre na história do cinema. O figurino é lindo, a fotografia é maravilhosa e Audrey está brilhante como sempre!

Disque Butterfield 8 (1960)



O filme foi lançado bem no comecinho da década, mas vale, né? rs . Nele, a diva Elizabeth Taylor interpreta Gloria, uma jovem “acompanhante” cheia de traumas que se envolve em um relacionamento com um homem casado. O filme reserva muitas revelações e trata de assuntos polêmicos com muita delicadeza. O figurino é de babar e a interpretação de Liz lhe rendeu o Oscar de melhor atriz e uma indicação ao Globo de Ouro na mesma categoria.

Os Pássaros (1963)



Um dos filmes mais famosos da carreira de Hitchcock, conta a história de uma mulher decidida que encontra um belo homem em um pet shop e decide descobrir mais sobre ele, ela então vai dirigir até a cidade onde ele passa os fins de semana, mas chegando lá coisas bizarras acontecem e os pássaros parecem ter enlouquecido.
O filme foi indicado ao Oscar por melhores efeitos especiais e o figurino da personagem principal é maravilhoso!

Sem Destino  (1969)



Sabe aquela vontade de largar tudo e cair na estrada? Pois é sobre isso que se trata um dos filmes mais famosos da década, retrata exatamente o estilo hippie e desapegado de todo consumismo da década passada, era a chamada contra-cultura aparecendo na telona! Drogas, sexo, política e estrada num filme com Jack Nicholson novinho (SIM), para entender melhor dá só uma olhada na declaração do ator e diretor do longa:
"Ninguém jamais havia se visto retratado num filme. Nos love-ins (festas regadas a ácido e bandeira de paz e amor dos anos 60 e 70) ao redor do país as pessoas estavam queimando fumo e tomando LSD, enquanto as plateias ainda estavam vendo Doris Day e Rock Hudson" Frase do diretor Dennis Hooper

Pequenas Margaridas (1966)



Esse é um dos meus filmes favoritos de todos os tempos, ele não é nenhum pouco comum, tem um tempo e roteiro muito diferente dos filmes que estamos acostumados a assistir e talvez por isso tenha chamado tanto a minha atenção. Ele é considerado um filme surrealista, foi dirigido por uma mulher (YEAH!) e veio láááá da Tchecoslováquia rs.
Pequenas margaridas conta a história de duas amigas chamadas Marie, que percebem que o mundo está se tornando extremamente depravado e decidem se tornar depravadas também, elas então vão contra qualquer tipo de regra, educação ou bons modos. Parece uma história simples e boba, mas o filme apresenta uma série de simbolismos, o tornando uma grande crítica à política da época e à repressão feminina, afinal a dupla pode fazer o que quiser, quando quiser e como quiser, sem consciência pesada ou limite, para alguns, um sinal de liberdade, para os mais conservadores, de libertinagem.
O tipo de filme que só entende quem assiste e quem assiste só tem duas reações: amar ou odiar. A fotografia é linda, muitos filtros e efeitos incríveis que se mostram imprescindíveis para o resultado do longa. Aiai, falo desse filme e já começo a suspirar, isso também acontece com vocês? Rs


Bom! Essa é a minha lista de filmes, foi super difícil escolher só cinco, mas espero que vocês gostem das minhas escolhas e assistam os que ainda não viram! Me contem o que acharam e quais escolhas fariam no meu lugar!

2 comentários:

  1. Baaa, que post gostoso. Curto muito filmes antigos, mas devo dizer que Bonequinha de Luxo e Disque Butterfield 8 não me agradaram nada, ao contrário dos outros da lista. Pequenas Margaridas eu assisti faz tempo,mas lembro dos detalhes, principalmente das belezas técnicas como a fotografia, e a essência filosófica <3 rs Mas Os Pássaros é o meu favorito, a abordagem, a dramatização, são impecáveis, o doce toque do Hitch <3

    Ótimo post rs
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. Bonequinha de Luxo foi o primeiro filme da Audrey que eu assisti, é simplesmente perfeito <3
    Ótima seleção de filmes, alguns eu ainda não conhecia =)

    Beijos, Pri
    VINTAGEPRI

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.