A Vespa

Pensando em um post pra escrever aqui pro Garupa, me veio a ideia de contar um pouco da história desse que vem a ser o símbolo do blog, A VESPA.


A história começa em 1946, quando o Enrico Piaggio e um engenheiro espacial chamado Corradino D’Ascanio desenvolveram o primeiro modelo para um clube de golf em Roma. Fizeram cerca de 15 motos na tentativa de desenvolver um veículo barato e de fácil fabricação para usar nos gramados italianos.

Após o término da segunda guerra mundial, em 1946, Piaggio pediu para um outro engenheiro produzir a ideia que teve para o clube de golf, gerando uma moto de nome Paperino, que em italiano significa patinho. A ideia era manter o design da primeira moto, porém o engenheiro baseou-se nas motos dobráveis da Inglaterra, o que não agradou o italiano. A partir desse descontentamento, o próprio Piaggio bolou uma moto com motor acima da roda traseira, amparado por braços que muito se pareciam com trem de pouso de um avião, gerando um aspecto mais robusto e amplo para a moto.
 

Moto "Paperino"
Em relação ao nome diz a lenda que Piaggio disse a seguinte frase ao ver o veículo pronto: “Que bela, parece uma vespa”, fazendo uma alusão aos dois retrovisores frontais que se assemelhavam com antenas do inseto, além do formato diferenciado do veículo. Também existe a possibilidade do nome vir do motor de dois tempos utilizado na vespa, já que ele fazia um assobio bem particular, lembrando o zumbido do inseto.

O fato é que essa moto pegou, agradou aos europeus pelo design e praticidade, fazendo com que, na década de 50 e 60, fossem adotadas pelos jovens, transformando essa pequena moto em um ícone da época, além de aparecerem em diversos filmes que ajudaram a transforma a Vespa em um personagem importante da história. 

Cena do filme "A princesa e o plebeu"
Como resultado disso, entre 50 e 60, mais de um milhão de Vespas tinham sido produzidas, além de estender a produção para diversos países como França, Bélgica, Espanha, Índia, Alemanha e Inglaterra, dando origem a todos os outros modelos de Scooter que conhecemos hoje.

Dito isso, acho que esse blog está montado em um belo veículo pra nos levar para as nossas aventuras ;)


4 comentários:

  1. Que post lindo! Amo vespas e todo tipo de scooter, na verdade! Que moto retrô e estilosa né! <3


    Inpiração Retrô | Twitter | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Di, que bom que gostou, o namorado arrasou no texto, né? Eu também amei descobrir a história e sou suspeita pra falar que gosto hahaha

      Obrigada pela visita, viu?

      Beijos :*

      Excluir
  2. Bem legal, quando fiz meu mochilão eu fui no museu da Vespa em Roma. Ele é bem pequeno, mas tem umas vespas bem lindinhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que lindo Dai <3 aqui em SP veio uma exposição de Vespas mas não consegui ir ;'(

      Obrigada pelo recadinho, viu?

      Beijos

      Excluir

Tecnologia do Blogger.