3 filmes de terror da década de 30




Estive trevosa esses dias, confesso, mas foi uma delícia passar os últimos finais de semana assistindo três clássicos dos filmes de terror, primeiro porque mesmo que a gente já conheça a história do começo ao fim, a gente se surpreende com o capricho, com os efeitos especiais, sonoros, com figurino, maquiagem e com a maneira como a história era contada tantos anos atrás, segundo porque é muito divertido pensar que esses filmes colocaram medo em muita gente e algumas cenas que antes eram aterrorizantes, hoje, para nossa geração beiram a comédia.

 Ainda faltam alguns filmes clássicos de terror dessa década para assistir, como "A múmia", "O homem invisível" e "Monstros", mas eu estava tão ansiosa para escrever esse post logo que esses três ficarão para uma outra vez.

Drácula (1931)


Inspirado no livro de Bram Stoker o filme conta a história do Conde Drácula, que aterroriza Londres com sua maldição. Drácula é um vampiro que para sobreviver precisa se alimentar de sangue humano, mas sua mordida também é capaz de transformar humanos em vampiros, ao tentar transformar sua próxima vítima, ele vai se encrencar com o pai dela, Van Helsing, que promete acabar com a vida do Conde. 
Figurino e maquiagem impecáveis, Helen Chandler está apenas maravilhosa no papel da mocinha e Bela Lugosi como Drácula é um show a parte.

Frankenstein (1931)


Lançado no mesmo ano de Drácula, Frankenstein é outra história que conhecemos muito bem! Henry Frankenstein é um cientista maluco que quer desafiar Deus e criar um homem a partir de pedaços de cadáveres, mas por um descuido ou distração, o cérebro encontrado no necrotério é de um criminoso, então quando o monstro ganha vida, o mal também nasce e sem conseguir dominar sua criação, Frankenstein será aterrorizado pelo próprio monstro que criou destruindo o dia do seu casamento.
Mae Clark está deslumbrante como esposa de Henry Frankenstein, o figurino e maquiagem também são de cair o queixo, assim como Colin Clive no papel do criador. Ah! A maquiagem do monstro também é de encher os olhos.




A noiva do Frankenstein (1935)


O filme é a continuação de Frankenstein, mas não espere ver muito da linda noiva do monstro. O filme começa do final do filme anterior (entenderam, né? rs), ele vai mostrar um outro cientista maluco que vai ao encontro de Henry para criar mais uma vida, mas Henry se nega, então ele sequestra a esposa de Henry e o obriga a retomar suas experiências. Nesse filme o monstro ganha mais destaque, mais falas, chega a mostrar até um pouco de humanidade, apesar de ser um filme de terror tem uma mensagem muito bonita a passar: que devemos aceitar os outros como eles são e que todos nós temos o bem e o mal dentro da gente.
 Quanto ao figurino, maquiagem e caracterização, ainda estou apaixonada pela cena em que a noiva ressurge, a fotografia é belíssima e a noiva é tão linda que deveria ser até errado chamá-la de monstro.



Quem ficou curioso e quer descobrir um pouco mais sobre os filmes, o link para assistir online está nos títulos ;)

3 comentários:

  1. Oi, Letícia, obrigada pelo comentário lá no blog! Acabei de entrar aqui no seu e amei, já tô seguindo! E ah, adorei sua tag das músicas também hehe Beijo :3

    http://www.world-pinup.com/

    ResponderExcluir
  2. Meu favorito dos três é A Noiva de Frankenstein, mas assista logo A Múmia e O Homem Invisível: são também maravilhosos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Sou apaixonada por esse filme e mais ainda pelo livro <3
    Feliz Natal Letícia =)

    Beijos, Pri ♡
    VINTAGEPRI | Facebook | Bloglovin | Pinterest

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.