Quinta feira acobreada: Beatriz Estradé e o Fiery Red




A Beatriz já teve o cabelo de todas as cores que você pode imaginar, com vinte anos, a publicitária responsável pela Agência Octo não tem nenhum medo de ousar. Criativa e cheia de estilo por natureza, mudanças radicais no visual nunca foram um problema para ela. Todas as cores que você consegue imaginar ela já teve, azul, verde, rosa, laranja... Hoje ela vai contar pra gente como tudo começou e como ela chegou nessa cor linda. Espia só!


A base do meu cabelo virgem é loiro escuro



Comecei a pintar: descoloração, cor aleatória, descoloração, cor aleatória... Até que pintei de vermelho com mechas brancas, e nesse estágio meu cabelo estava uma pa-lha!



Depois eu pintei de várias cores, pintei de preto, fiz decapagem pra tirar o preto, tive 5 cortes químicos!



A primeira vez q fiz o ruivo pintei com uma tinta qualquer e platinei em cima até ficar cinza. Nesse laranjão passei anilina pra madeira dissolvida no álcool e misturada no creme, tem que estar MUITO claro pra pegar esse tom. Fica lindo e durou mto!




Então eu pintei de castanho e deixei as cores de lado por um tempo, até que nessa última, pintei com a 7744 da Koleston, para isso fiz uma pré descoloração no cabelo deixando o descolorante durante 5 minutos e depois passei a tinta.


                             



E então, gostaram? Incrível como todas as cores combinam com ela, né? Dá até uma coragenzinha de se jogar no colorido!





* Segundo algumas pesquisas a anilina para madeira é tóxica e pode causar reações sérias em algumas pessoas, o uso dela NÃO é indicado para fins cosméticos.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.